Now That's Logistics.
   
Contact Info     Call 24 Hours: 1.888.222.5847

CES 2018: Um olhar no principal evento de tecnologia do mundo

De carros voadores a robôs que ensinam a codificar, veja aqui algumas das tecnologias mais atuais, gadgets e aplicativos que estrearam no evento de produtos eletrônicos do ano.

CES 2018

Quando se trata de tecnologia inovadora, não existe nenhum lugar como a CES para fazer seus olhos brilharem e sua criança interna aparecer. Por mais de 50 anos, o evento de produtos eletrônicos atuou como uma etapa global para inserir no mercado a futura geração de tecnologias. O evento atrai os principais líderes empresariais e os maiores inovadores do mundo.

A CES começou em 1967 com apenas 117 expositores e, desde então, cresceu para mais de 4.000 expositores, incluindo cerca de 800 startups, 2,6 milhões de metros quadrados de espaço para a exibição e mais de 180 mil participantes. O show é produzido e de propriedade da Consumer Technology Association (Associação de Tecnologia de Consumo), que conta com a CES como a “plataforma de lançamento das principais inovações que mudam o mundo”.

Novas e Notáveis tecnologias
Os carros de auto-condução eram de grande interesse para expositores e participantes, mas os gadgets, e-bikes e robôs também roubaram a atenção neste ano.

Os criadores de computadores Dell, mostraram o  Latitude 7490, que utiliza uma tecnologia de antena que conduz uma melhora no desempenho do Wi-Fi em 155%, enquanto seus notebooks Latitude 5285 serão entregues com placas-mãe produzidas  com resíduos de ouro a partir de março, de acordo com a ZDNet. A Dell anunciou um programa piloto para produzir as placas-mãe, do Latitude 5285 2-em-1, com ouro reciclado a partir de eletrônicos usados, como smartphones, a partir de março. O piloto estende a cadeia de suprimento de circuito fechado da Dell, desde plásticos até metais preciosos. O processo de ouro em circuito fechado permitirá a produção de milhões de placas-mãe em 2018, afirma a Dell, observando que o uso de ouro recuperado tem um impacto ambiental de 99% menor do que o ouro tradicionalmente extraído. Isso também se enquadra no Programa Legacy of Good da Dell, que visa reciclar 100 milhões de libras de materiais em seus produtos até 2020.

Tecnologia e Logística

O apetite pela tecnologia que aumenta a eficiência e / ou redução de custos é maior do que nunca no mundo da logística. Estamos sempre atentos às próximas tendências que revolucionarão a nossa indústria, direta ou indiretamente. Como você já pode notar, grande parte da agitação na CES , deste ano, foram as inovações em Transporte, um campo integral da Logística.

O novo CEO da Ford, Jim Hackett, deu um panorama da abordagem da empresa para as recentes tendências no setor de transporte, como: veículos autônomos, ride-hailing (compartilhamento de carros), entregas sob demanda e cidades inteligentes. Como parte da visão utópica da mobilidade urbana “City of Tomorrow”, a Ford também revelou sua nova plataforma autônoma, na qual empresas como Lyft, Domino’s Pizza e Postmates podem alavancar a frota de veículos autônomos da montadora, informou The Verge.

A Ford revelou uma parceria com a empresa de software Autonom também, localizada no Vale do Silício, que conduzirá ao que eles chamam de “Nuvem de Mobilidade de Transporte”. Considerado como uma iniciativa que “permitirá que as cidades gerenciem melhor o tráfego e os dados do fluxo de passageiros”, o projeto alavancará veículos tecnicamente avançados, e potencialmente, os autônomos, de acordo com o US News & World Report.

Também com um olho no futuro do transporte, o CEO da Intel, Brian Krzanich, disse à sua audiência na CES, que a empresa planeja construir mapas, altamente detalhados, de estradas em todo o mundo para veículos autônomos, com câmeras pré-instaladas, informou a CBS.

Krzanich também mostrou o “Volocopter”, um drone autônomo para passageiros, durante seu keynote. De acordo com a CNET, o Volocoptor realmente decolou dentro do local da palestra sem um piloto que o conduzisse. Em outros lugares da CES, a Bell Helicopter revelou seu design para um “táxi aéreo urbano”. O conceito para quatro passageiros oferece conectividade completa, incluindo a videoconferência! “O futuro do táxi aéreo urbano é mais próximo do que muitas pessoas podem imaginar. Acreditamos no impacto positivo que nosso projeto terá para abordar as preocupações de transporte em cidades em todo o mundo”, disse o gerente-geral da Bell, Mitch Snyder, à AINOnline. “Enquanto estamos focados na experiência dos passageiros, e ansiosos para compartilhar com o público, a Bell continua a desenvolver o nosso design de táxi aéreo para fornecer serviços de transporte seguros e confiáveis para o mundo”. Infelizmente, ainda não há nenhuma informação sobre quando será o momento de transformar a sua garagem em um heliporto. Mas veremos na CES 2019…

Por fim, como a Logística continua a depender cada vez mais da tecnologia, a necessidade por profissionais qualificados e experientes em tecnologia vem aumentando. Por isso, foi fascinante ver o inovador Acellus revelar oficialmente o STEM-10, um curso de codificação de dez anos, na CES 2018 e apresentar o Cellus Bot, um robô educador, que foi criado para envolver os alunos da 3ª série e apresentá-los a conceitos de codificação fundamentais. “Para se tornar proficiente em codificação e tecnologia, é preciso começar em uma idade precoce. Enquanto alguns são atraídos pela tecnologia em sua juventude, a maioria não é.”, diz o Dr. Roger Billings, presidente da Acellus. “Em dez anos, a demanda por essas habilidades será muito maior do que qualquer um pode imaginar, não só para nossos telefones e dispositivos inteligentes, mas também para desenvolver os novos produtos e aplicações do dia”. De fato! Estamos animados para a hora de ver o que os alunos do STEM-10 contribuirão para os próximos eventos da CES!

Adoramos saber mais sobre as recentes tecnologias da CES este ano. Junte-se a nós em Las Vegas para a CES 2019!

SaveSave

Share this article:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Close